PRINCESAPB.COM

MAPAS

BIBLIOGRAFIA PLUVIOMETRIA ARQUIVO CONTATO

VIDEOTECA

RUAS PRINCESA

FOTOS SATÉLITE DADOS IBGE VISTAS HISTORIA

 

Princesa Isabel - PB, domingo, 02 de maio de 2010

 

80 ANOS DA REVOLTA DE PRINCESA

O Programa da TV Brasil, chamado De Lá Prá Cá, relembra a história de uma das mais graves crises da República Velha: a Revolta de Princesa. Ocorrida em 1930, a Revolta - que levou o município de Princesa, no sertão da Paraíba, a decretar independência -  completa 80 anos. O movimento começou como uma reação dos poderosos coronéis, liderados por José Pereira Lima, contra a nova política de impostos implementada pelo então governador João Pessoa. A historiadora da Universidade Federal da Paraíba, Inês Caminha, lembra: “João Pessoa assume o governo com a ideia de combater os abusos da política coronelista.”

A historiadora do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC – FVG), Dulce Pandolfi, explica que, apesar dos coronéis serem os todo-poderosos locais, os governadores tinham grande autonomia na época. “Tanto que eles eram chamados de Presidentes de estado”, ressalta.

Considerada uma cidade altamente desenvolvida para a época, Princesa sofre até hoje as consequências da luta entre os revoltosos e a polícia. O jornalista Tião Lucena e o pesquisador Francisco Florêncio, ambos moradores do município, relembram o que os familiares costumavam dizer sobre a época da revolta: “Minha mãe contava sobre os sofrimentos que passou por conta das perseguições da polícia, dos tiroteios”, recorda Lucena. Para Florêncio, ter a família envolvida fez com que o interesse pela história de Princesa fosse despertado: “Meu avô e meu bisavô participaram da revolta”.

Outra convidada desta edição é a cineasta Tizuka Yamasaki, diretora de Parahyba Mulher Macho. Na conversa com Ancelmo Gois ela fala sobre seu filme de 1983, que narra a história do romance entre a poetisa Anayde Beiriz e o advogado João Dantas. Aliado de José Pereira, Dantas assassinou João Pessoa por um motivo passional: policiais a mando do governador se apoderaram de cartas de amor entre Dantas e Anayde. Em seguida, as cartas foram publicadas no jornal estatal A União. Tizuka conta que se encantou com o romance de uma mulher emancipada como Anayde no começo do século. “O interessante é que essa história se passa em 1930”, defende.

  

O De Lá pra Cá, com Ancelmo Gois, será exibido neste domingo (2), às 18h. Reprise segunda, 23h.

Fonte: http://www.tvbrasil.org.br/delapraca/

 

 

 

 

Imprimir
   
 

VOLTAR

PRINCESAPB.COM

MAPAS

BIBLIOGRAFIA PLUVIOMETRIA ARQUIVO CONTATO

VIDEOTECA

RUAS PRINCESA

FOTOS SATÉLITE DADOS IBGE VISTAS MURAL

© 1997-2010 Princesapb.com - Todos os direitos reservados