Notícia

 

Princesa Isabel - PB, domingo, 11 de dezembro de 2005

 

Futebol Social

Marizarde Geraldino dos Santos (Zan) e Sidney Onorato Arruda (da Serigrafia) mantêm, em Princesa Isabel - PB, duas escolinhas de futebol sem fins lucrativos. Eles fazem um trabalho social exemplar, tirando crianças das ruas, cobrando resultado escolar e transformando tempo ocioso em muito suor dentro de campo.

A falta de auxílio é um dos problemas que enfrentam, principalmente no caso de Marizarde. Sidney tem o apoio da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). O "Princesapb web!" entrevistou os dois. Veja abaixo.

(Mardson Medeiros)

 

ENTREVISTA

Quantas crianças participam do projeto?
Marizarde: 32 crianças e adolescentes em extrema carência.
Sidney: 40 crianças.

Qual a faixa etária?
Marizarde: de 8 a 15 anos.
Sidney: de 7 a 13 anos (a idéia inicial).

Inclui somente crianças carentes ou também de outras classes sociais?
Marizarde:
crianças carentes.
Sidney: alguns sócios da AABB e a maioria crianças carentes.

Há quanto tempo desenvolve este tipo de atividade?
Marizarde:
trabalho com futebol desde 1989. Dei uma pausa recentemente, mas, há cerca de 6 meses, retomei o projeto com as crianças.
Sidney: há dois anos.

Quais os problemas para levar o projeto adiante?
Marizarde: a falta de apoio do poder público. Não temos campo para treinar. O "Gonzagão" nem sempre está disponível. Outro dia, marcamos um amistoso com um time de Serra Talhada e tivemos de realizar a partida às 6 horas da manhã, por falta de horário. O transporte da equipe de Serra teve de ser pago por nós. Os meninos juntaram dinheiro (cada um doou um ou dois reais) e deram R$ 50,00, eu completei do meu bolso o restante (R$ 40,00). Você precisa ver, eles jogam com o maior prazer. É uma festa dia de jogo. Quando posso, realizo torneios entre eles e dou chuteira e medalha ao vencedor. É uma farra... Muitos não tem dinheiro nem para comprar chuteira, que custa vinte ou trinta reais.
Sidney: a insuficiência de material, onde o ideal seria que tivéssemos uma bola para cada aluno.

Quantos treinamentos são realizados por semana? Onde são os treinos? Quais os horários?
Marizarde:
treinamos segundas e terças à tarde, em um campo no sítio de Bisoca, ao lado do Iate Clube (ainda bem que ele nos cedeu esse espaço!). Aos sábados, conseguimos horário no campo da AABB.
Sidney: são dois treinos por semana, um na quarta-feira (Futsal), às 16:30, e um no sábado (Futebol de campo), às 9:00, ambos na AABB.

É cobrado desempenho escolar para continuar no projeto?
Marizarde: Sim. Para participar tem de estudar! Além disso, alguns também melhoram comportamento em casa. Houve o caso de um garoto que era violento em casa (batia na mãe) e a mãe relatou que ele melhorou muito depois do futebol.
Sidney: É cobrado o desempenho na escola e também o desempenho disciplinar para com seus pais e dentro da AABB. P.S.: Eu também incentivo aqueles que tem mais condições a trazer no dia das crianças e no natal uma bola de plástico para eles mesmos doarem nos bairros mais carentes, aprendendo, assim, a fazer também a sua parte social como eu estou fazendo com a escolinha.

 

Palmas para eles!!! Parabéns Sidney e Marizarde!!!

 

REGISTRO FOTOGRÁFICO

.

Sidney e as crianças no estádio "O Gonzagão".

 

 

VOLTAR

Princesapb web! Princesa (PB) na internet!
www.princesapb.hpg.com.br ou princesapb.sites.uol.com.br